Buscar
  • Graziela Rossini

A escola ideal

Uma dúvida comum que toda mãe e pai têm quando chega a hora de colocar os pequenos na escola é: qual a escola ideal para meu filho?

Cada um de nós tem um costume, uma crença, objetivos de vida, aspirações diferentes; somo indivíduos, ou seja, segundo a própria definição da palavra somos únicos! Vendo por essa perspectiva há, portanto, diversas ‘escolas ideais’; a escola considerada ideal para um pode não ser a melhor para o outro!

O que devemos observar, então, é a nós mesmos. Como somos no dia a dia? Em que acreditamos? O que nos incomoda? Se nos incomoda o fato dos pequenos terem acesso a salgadinhos industrializados ainda que uma vez por semana, a escola ideal para nós é aquela que provê um lanchinho mais natureba para as crianças; se preferimos que os pequenos façam uma segunda língua quando estiverem mais maduros, então a escola ideal não será aquela bilíngue super bem cotada do bairro; se não cremos em determinada religião, então a escola ideal não será aquela mega tradicional da cidade mas que faz os alunos participarem de atividades daquela crença.

Isso porque quanto mais próximo os ideais da escola estiverem com os da família mais satisfação passaremos aos pequenos e menores serão os atritos com a escola. O que os pequenos precisam é de parceria família – escola e quanto mais satisfeitos estivermos com a escola melhor se dará essa parceria.

Mas e se mudarmos com o tempo? - ontem gostava de listrado, mas hoje prefiro xadrez – então devemos reavaliar nossas escolhas e a escola é uma delas! A criança estava em uma escola na educação infantil onde os pais gostavam muito, mas para o ensino fundamental esses pais preferem outras propostas? Sem crise! Vamos reavaliar as coisas; se a criança já tem idade para opinar ela deve ser ouvida sempre. Apenas cuidado para que essas mudanças não ocorram em excesso, pois a criança poderá ser prejudicada por falta de vínculos necessários para aprendizagem – em especial as amizades.

Como proceder, então? Visitem as escolas! Há diversas opções com as mais variadas propostas pedagógicas. Demanda tempo sim e o ideal é fazer a escolha com calma para ser mais assertivo. Converse com a coordenação pedagógica, sinta o ambiente, visite mais que uma vez, se for o caso. Leve a criança, se possível, para que ela observe também. Ligue todos os sentidos – visão, audição, olfato (por que não?!); não se prenda a estruturas físicas apenas, isso é muito importante, mas veja os alunos também: se aparentam confortáveis e felizes é um ótimo sinal! Pegue opinião de amigos e vizinhos, mas forme sua própria teoria levando em consideração sua família!

Até a próxima!! ;)

#aescolaideal

8 visualizações1 comentário

© 2015 por Total Educa, Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Instagram
  • LinkedIn Social Icon